Viva o amor de irmãos!

Eu adoro passar o tempo com Pedro, Emma e Diego. É tão divertido estar com eles! Cada um da sua maneira, me fazem viver momentos muito felizes. É demais estar todos juntos na cidade! Me ajuda a não sentir tanta falta da vida na montanha.

Na verdade, os três irmãos são muito diferentes, não só pela idade, mas também por que eles gostam de coisas diferentes e não pensam igual sobre as coisas. É normal que entre irmãos discutam e se chateiem um com o outro, mas não demoram de fazer as pazes e voltar a estar como sempre. Me lembro de uma vez que Emma se irritou com Nano e não queria nem ouvir falar dele… mas logo depois viu a Senhorita Rot-termeier dando uma bronca em seu irmão e não demorou para ir defende-lo. Os ir-mãos sempre estão preparados para cuidar uns dos outros.

¡Viva el amor de hermanos!Quando vejo que se amam tanto, que aconteça o que acontecer entre eles, no final sempre têm uns aos outros para se apoiar e dar carinho, as vezes penso que eu tam-bém gostaria de ter um irmão ou uma irmã. Claro que eles têm que dividir todas as suas coisas e estar sempre atentos se os outros estão felizes, mas… não é isso que fa-zemos com as pessoas que amamos?

Acho que ter um irmão é como ter um amigo muito próximo, com o qual você sabe que sempre vai poder contar, nos momentos bons ou ruins, e essa sensação é demais! Porque, aconteça o que acontecer, sempre estarão aí um para o outro!

Você tem algum irmão ou irmã? São mais novos ou mais velhos que você? Vocês se dão bem? Me conte tudo, tenho muita curiosidade!